NOTA DE ESCLARECIMENTO

Publicado em 29/06/2020 às 18:14 - Atualizado em 29/06/2020 às 18:14

Desde os primeiros sinais da pandemia no território catarinense, a região do Médio Vale do Itajaí tem se articulado para fortalecer a prevenção e o combate ao novo coronavírus. Desde março, acontecem reuniões periódicas entre prefeitos, secretários municipais de Saúde, técnicos da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi), do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (Cisamvi) e outros agentes envolvidos no processo. 

A organização e a articulação da região garantiram a ampliação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o fluxo adequado dos serviços hospitalares, refletindo, até o momento, em estabilidade na taxa de ocupação dos leitos clínicos e de UTI. 

Desde a publicação do Decreto Estadual nº 630, de 1º de junho de 2020, uma Comissão de Governança Regional tem reunido dados e discutido os indicadores e as informações da matriz de risco potencial disponibilizada pelo Estado aos municípios catarinenses. Todas as análises são respaldadas em pareceres e estudos técnicos e científicos. A Comissão está em fase de formalização e as recomendações por ela propostas serão emitidas para subsidiar decisões dos prefeitos e gestores de saúde. 

Em função disso, a Ammvi esclarece que, até o momento, não foi expedido qualquer conteúdo oficial com recomendações ou sugestões em nome da Associação, do Cisamvi ou do Colegiado de Secretários Municipais de Saúde. O que foi tratado, em assembleia geral na manhã desta segunda-feira (29), foi a proposição da primeira nota técnica da Comissão de Governança Regional para combate e enfrentamento à pandemia, cujo documento ainda está em discussão e aperfeiçoamento.

 

Blumenau, 29 de junho de 2020.

Matias Kohler

Presidente da AMMVI 

Prefeito de Guabiruba


publish