Compartilhe

Financiamento da política de saúde é tema de roda de conversa

Publicado em 08/10/2018 às 18:05 - Atualizado em 08/10/2018 às 18:06

Roda de Conversa sobre Financiamento da Política de Saúde
Créditos: Michele Prada Baixar Imagem

Esclarecer as mudanças da operacionalização e do uso dos recursos financeiros da saúde a partir de portarias do governo federal. Este foi o objetivo da Roda de Conversa sobre o Financiamento da Política de Saúde, realizada nesta segunda-feira (8), na AMMVI, em Blumenau. O evento contou com a presença de secretários municipais de saúde, trabalhadores do SUS e demais interessados.

Na ocasião, a instrutora Carla Estefania Albert, técnica da Saúde da Confederação Nacional de Municípios (CNM), abordou sobre modelos de proteção social, financiamento da saúde pública, programas federais e repasses desatualizados, custeio e investimentos, repasses fundo a fundo e demais temas relacionados à política pública de saúde.

Segundo ela, as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) é de vanguarda em termos de garantia de direitos. “No entanto, não se teve vanguardismo na área de financiamento. Isso colide com o modelo de federação concentradora de recursos, que não permite seguir à risca o texto legal”, disse a técnica.

Segundo o diretor executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Vale do Itajaí (Cisamvi), Cleones Hostins, o SUS e suas regulamentações exigem dos gestores e técnicos municipais de Saúde constante atualização. Aliado a isso, está a dificuldade no financiamento da saúde pública, em que a regulamentação dos repasses tem sido alvo de debates. “Não raramente encontramos municípios aplicando 10% ou 15% a mais que o piso legal, que é de 15%, impactando e criando um desequilíbrio nas contas municipais”, explica o diretor executivo.

Para Hostins “acompanhar o panorama geral do Brasil e ouvir as experiências catalogadas pela CNM, reforçam que o caminho está correto. O momento é de fortalecimento da região, com ações e debates onde os êxitos sejam compartilhados e as dúvidas sanadas” finalizou.

O evento foi uma promoção da AMMVI, do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Vale do Itajaí (Cisamvi), Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e Confederação Nacional de Municípios (CNM) com o apoio dos municípios do Médio Vale do Itajaí.

Michele Prada, Ascom AMMVI.

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Rua Alberto Stein, 466, Bairro Velha, Blumenau - SC
CEP: 89036-200